Preenchimento de gordura nos lábios

Quem nunca quis ter a boca igual a da Angelina Jolie? Lábios carnudos e evidenciados, tornando a harmonia facial assimétrica e sexy é uma das características dos lábios da atriz, sendo possível ter um resultado similar com o auxílio do preenchimento de gordura nos lábios.

Assim como o ácido hialurônico, o preenchimento de gordura nos lábios, tem como intenção conferir maior volume a região, tornando os lábios assimétricos e projetados para frente. Diferente do ácido, que tem efeito temporário, o procedimento feito com gordura é permanente, sendo que apenas 50% do enxerto feito é reabsorvido pelo organismo.

Como é feito o preenchimento com gordura nos lábios?

Para a lipoenxertia, como o preenchimento com gordura é denominado na medicina estética, é necessário que o paciente passe por uma lipoaspiração, sendo de pequeno porte, apenas para conseguir gordura o suficiente para se enxertada novamente no paciente.

Essa gordura pode ser retirada da parte interna das coxas, das costas ou da região abdominal do paciente com o auxílio de cânulas finas. Por ser necessário sedação para a retirada de gordura, o procedimento deve ser feito em um centro cirúrgico com o apoio de uma equipe médica, sendo que esse material retirado do paciente deve ser manipulado antes de ser usado no preenchimento de gordura nos lábios.

Essa manipulação se resume em peneirar essa gordura, separando apenas a gordura mais pura, para que o cirurgião plástico possa fazer o enxerto no local desejado. O lábio é apenas uma das regiões em que a lipoenxertia pode ser feita.

Locais em que o preenchimento pode ser feito

preenchimento de gordura nos lábios é apenas uma das técnicas de lipoenxertia existentes. Essa gordura pode ser enxertada ainda:

  • Ao redor dos olhos;
  • No queixo;
  • Na região malar;
  • No bumbum;
  • Nas pernas;
  • Nos seios
  • E demais regiões que precisa ser melhorada a assimetria.

O grande benefício desta técnica está na impossibilidade de o paciente apresentar qualquer tipo de reação, uma vez que a gordura foi produzida pelo seu organismo, ou seja, as células são as mesmas.

Ao comparar a eficácia do preenchimento com ácido hialurônico e o preenchimento de gordura nos lábios, a única diferença entre as técnicas é o tempo de duração dos procedimentos. Enquanto o ácido é 100% absorvido pelo organismo após 12 meses, a gordura sua absorção não passa de 50%, ou seja, o efeito pode ser considerado permanente.

A única questão acerca do procedimento feito com a gordura autógena, do próprio paciente, caso o mesmo venha a engordar ou emagrecer, isso reverberará no preenchimento labial. Explicando melhor, caso ele engorde os lábios terão muito mais volume e caso ele emagreça, eles vão diminuir. Isso não é uma reação adversa ao preenchimento e sim uma reação causada pelo próprio organismo.

Justamente devido as pequenas peculiaridades que é necessário procurar por um cirurgião plástico. Ele será capaz de indicar o melhor tratamento para resolver a questão estética que acomete o paciente, além de explicar mais a fundo a diferença de um preenchimento de gordura nos lábios e o feito com o ácido hialurônico.