Vilão ? O segredo do café e sua quantidade

Não começando de hoje, o café querendo ou não é uma bebida que se destaca logo pela manhã, e continua atento ao dia a dia.

Da cerveja tradicional ao expresso requintado, esta bebida possui uma variedade de métodos de “absorção”, que são controversos em termos de saúde.

Desse modo, você pode ter acesso a todos os malefícios do café, lhe deixando realmente com medo de consumir.

No entanto, você sabia que o café não é o seu vilão como muitas pessoas afirmam?

O café não é o seu vilão

Hoje, muitas pessoas, e até médicos afirmam que o consumo do café, aumenta a pressão arterial e dos níveis de colesterol.

Mas, esquecem de afirmar que tudo vai depende de diversas coisas, sendo a principal a quantidade.

Até porque, acredita-se ainda que eles previnem doenças cardiovasculares e estimulam o metabolismo, o que deixa uma verdadeira incógnita na mente de muitas pessoas.

Saiu uma publicação organizada conjuntamente pelo Ministério da Saúde e Universidade Federal de Minas Gerais, onde enfatizava que “o efeito do café no corpo humano tem origem em substâncias biologicamente ativas como a cafeína, que é um tipo de agente nervoso no sistema e músculo cardíaco.

Estimulantes e Ácido clorogênico com atividade anticâncer e propriedades antioxidantes e diterpenos relacionados ao metabolismo lipídico “.

Uma linha de produtos pesquisada envolveu o efeito antioxidante do café por ser uma das fontes dietéticas mais abundantes de ácido clorogênico (um polifenol vegetal).

Logo, você terá um risco menor de inflamações, evitando diversas doenças cardiovasculares e inflamatórias.

Porém, você precisa saber que uma ingestão média diária de mais de três xícaras excessiva pode causar certas doenças, acompanhadas de hipertensão ou ansiedade.

Dessa forma, é o que explica uma profissional da área (São Paulo), nutricionista e professora do Senac: “O café tem milhares de benefícios.”

Por exemplo, é um antioxidante, ajuda na perda de peso, previne doenças, ajuda a resolver problemas como o estresse e prevenir o mal de Alzheimer.

Mas, diante de tudo isso, a chave principal será a quantidade que você vai consumir.

Sem contar que outras coisas como, colocar muito pó (recomenda-se 10 gramas por 100 ml) e deixar muito tempo em garrafa térmica, pode ser prejudicial.

O tempo limite para reaproveitamento da bebida é de 30 minutos.

Algumas dicas importantes para evitar problemas com o café

Se você é um amante do café, e realmente gostaria de fugir

  • Somente a quantidade de bebidas prontas para consumo imediato;
  • Se usar filtro, só pode ser lavado com água;
  • Papel de filtro deve ser igual ao suporte
  • Não compacte ou pressione a camada de café no filtro
  • Cozinhe no bule ou garrafa térmica antes de preparar uma bebida
  • A água deve ser pura e limpa, de preferência água filtrada ou minerais

Preparação do filtro:  Este é um método de fazer café tradicional, armazenando o pó em um filtro de papel ou pano e adicionando água quente não fervente por cima.

A forma mais comum de pó de café é colocada no centro de um dispositivo de mocha, que ferverá água na chama do fogão e pressionará o café líquido para dentro do recipiente.

Muito popular nos Estados Unidos, conhecido como prensa francesa, seu pó de café é misturado à água quente, passa por um filtro e é prensado.

Por conseguinte, o café expresso é moído na hora e passado por um filtro, que é submetido a uma pressão de água de 90ºC e 9Kg por 30 segundos para produzir uma bebida cremosa e aromática.

Assim, como tudo deve ser consumido com moderação e sem excessos, o café também deve seguir essa regra, e 300 mg de cafeína devem ser consumidos ao longo do dia.

“Verifique o intervalo de tempo entre o café da manhã e o almoço – cerca de duas a três horas após o café da manhã e duas a três horas antes do almoço – ou duas horas após o almoço, para não interferir na absorção de certos nutrientes (principalmente cálcio e ferro)”

Considerações finais

É muito provável que para você, o café realmente é uma bebida rotineira, e que deixar de lado o seu consumo pode ser muito difícil.

Então, siga todas as observações que citamos, e não torne o café o seu vilão, e sim, aprenda a trabalhar com ele.